Pantanal Carioca: venha conhecer e se surpreenda!

O Rio de Janeiro é uma cidade que não para de surpreender, até mesmo a seus mais antigos moradores. Detentora de alguns dos cartões-postais mais notáveis do mundo, a Cidade Maravilhosa detém também uma área que rememora o Pantanal e pode ser revelada através de um delicioso passeio de barco da Barra até a Reserva.

Pantanal Carioca - Rio de Janeiro

Pantanal Carioca: venha conhecer e se surpreenda!

Já esteve no Rio de Janeiro?  Se sim, você conhece o “Pantanal Carioca”? E o complexo lagunar que abrange a Barra da Tijuca, Recreio e Jacarepaguá?

O Rio de Janeiro é uma cidade que não para de surpreender, até mesmo a seus mais antigos moradores. Detentora de alguns dos cartões-postais mais notáveis do mundo, a Cidade Maravilhosa detém também uma área que rememora o Pantanal e pode ser revelada através de um delicioso passeio de barco da Barra até a Reserva.

 

Pantanal Carioca

 

Localizado discretamente em um cantinho da Barra da Tijuca, no meio de muito verde, está o lindo “Pantanal Carioca”, no Rio de Janeiro. Local pouco conhecido pelos moradores e pelos turistas. A maioria das pessoas, visitantes e moradores, sabem que a cidade do Rio de Janeiro tem beleza única no mundo com paisagens fabulosas onde as montanhas e o litoral recortado são os grandes atrativos. Entretanto, na zona oeste da cidade, um enorme complexo de lagoas oferece uma paisagem ainda pouco conhecida entre moradores e visitantes que vêm ao Rio.

 

  • O complexo lagunar da Barra da Tijuca é constituído por três lagoas principais: Tijuca,
  • Jacarepaguá e Marapendi,
  • e a de Camorim, situada entre as lagoas da Tijuca e de Jacarepaguá.

 

Todas são interligadas por canais e estão diretamente conectadas ao mar pelo canal da Barra da Tijuca ou canal da Joatinga. As grandes lagoas demarcaram a geografia do bairro, que se desenvolveu em torno e ao redor das mesmas.

É nesse ecossistema que encontramos o “Pantanal Carioca” cujo paralelo com o bioma mato-grossense é pertinente. Pantanal, geralmente, é uma área baixa que, de tempos em tempos, sofre alagamento. O mato-grossense passa por isso no período de cheia. O carioca apresenta as mesmas características, mas também recebe águas de maré da Lagoa de Marapendi, que varia entre 20 e 30 centímetros.

Em relação à vegetação, a única diferença é que, no Pantanal do Mato Grosso, não há mangue, enquanto no Carioca, o mangue está presente. Enquanto a vegetação do Pantanal mato-grossense sobrevive aos alagamentos, a das lagoas da Barra da Tijuca enfrenta alagamentos e a salinidade.

Tirando esses pequenos pormenores, as semelhanças são grandes, a começar pela fauna com capivaras, jacarés, garças, aves e mergulhões.

 

Conheça o lindo Pantanal Carioca, no Rio de Janeiro

Ao chegar no local, é fácil achar que está fora do Rio, distante do stress da cidade grande, do trânsito e da violência. Assim é o “Pantanal Carioca” com barquinhos passando, pássaros cantando e cercado de muita água. É formado por 10 ilhas bem próximas por onde a embarcação passa levando os visitantes por caminhos encantadores e, num ritmo tranquilo, para que todos apreciem a bela paisagem, as casinhas coloridas e os animais que habitam por ali, como o jacaré do papo amarelo, a capivara e o mergulhão.

 

Passeio ao “Pantanal Carioca”

Os moradores dos condomínios são levados pelas balsas para a praia. O passeio, que dura em torno de três horas, percorre as lagoas da Tijuca e de Marapendi, permitindo que se conheça uma autêntica raridade encoberta por condomínios de apartamentos. Descubra o “Pantanal Carioca”, as zonas úmidas escondidas no meio do Rio, durante este tour ecológico de 3 horas. Navegue pelas lagoas, observe várias espécies de aves nativas, sinta a brisa e admire a floresta verdejante que circunda essas águas.

Os passeios e travessias de balsas são a melhor opção de ver os animais e apreciar a natureza. As ecobalsas partem de um píer no Espaço Eco Lounge, em frente à Praia da Barra, com rotas regulares que levam os moradores aos pontos de lazer, metrô, shoppings e clubes.

Também há balsas que percorrem as lagoas da Tijuca e revelam a beleza natural rodeada de condomínios de apartamentos da região. Na orla das ilhas, em especial a Ilha de Gigoia, que tem aproximadamente 5 mil habitantes, e a Ilha Primeira, se concentram as atrações gastronômicas, com 12 estabelecimentos, por onde se tem acesso apenas pelos barqueiros.

É um passeio muito indicado para família e as crianças amam passear no barquinho e se divertir vendo os bichinhos em seu habitat natural.

Dicas finais: Nos dias mais fresquinhos ou fim de tarde, é aconselhável levar um casaquinho leve por causa do vento. Para quem tem alergia a mosquitos, é importante fazer uso do repelente. E nos dias de muito sol, um protetor solar é sempre bem-vindo.

 

As belezas deste lugar

Logo que começa o passeio a incrível Pedra da Gávea já dá as boas-vindas! O sol, a cor esverdeada da água, as raízes das árvores nos manguezais, os barquinhos coloridos, são alguns dos cenários que aparecerão no meio do caminho. É um cenário estonteante e apaixonante de se ver!

 

Mas fique atento!

Infelizmente, há também o descuido com a região. Durante o passeio pelo “Pantanal Carioca”, pode-se ver saídas de esgoto e muito lixo, como garrafas, baldes, sacos plásticos e objetos abandonados nas margens. Essa é a parte feia, causada exclusivamente pelo homem. Não dá para culpar apenas a prefeitura pelo descaso, mas fica o alerta aqui. Galera, vamos produzir menos lixo, e jogá-lo nos locais certos: a lixeira!

 

Como chegar no Pantanal Carioca

Para pegar a chalana e desfrutar desse passeio espetacular, o embarque é feito em um pier bem pequeno entre a Unimed e o Shopping Barra Point, no início da Barra da Tijuca. O passeio pode ser contratado na hora ou agendando.

 

A alimentação no Pantanal Carioca

Após o passeio, você pode almoçar no Bar do Cícero, na Ilha Primeira, um dos primeiros restaurantes da ilha (1998) e bastante recomendado como referência em frutos do mar e petiscos. É só combinar com o barqueiro que ele deixa você na porta e para voltar tem um píer ao lado do restaurante, com saída de 10 em 10 minutos que cobra por pessoa.

Almoçar em uma das ilhas é uma experiência incrível, visto que a culinária é muito saborosa e a vista espetacular – são jet-skis passando, barquinhos, canoas e até a galera que curte stand up paddle.

Se você ficou interessado, na diversidade, beleza e potencial, inclusive, econômico desta Barra da Tijuca, que você ainda não conhecia, e de suas lagoas, navegue, portanto, na história dos projetos de urbanização da região.

Assim como, pelas marés de seus projetos de preservação ambiental. Eles são antigos e datam desde a década de 1970. Além disso, aproveite para se deliciar com os relatos de história oral de quem já pescou desde robalos, corvinas a camarões nestes lagos. Um delicado encontro natural da vida marinha com a população local.

 

Veja a Cidade Maravilhosa de cima num Passeio de Helicóptero no Rio de Janeiro com a 4 FLY RJ

 

Você já se imaginou vendo as maravilhas do Rio de Janeiro dos ares? Que tal sobrevoar o Pão de Açúcar, a Lagoa Rodrigo de Freitas, a Floresta da Tijuca, o Maracanã, o Cristo Redentor e o complexo lagunar da Barra da Tijuca e tantos outros pontos incríveis? Esse será um passeio e tanto!

Basta combinar tudo com a 4 Fly RJ, empresa líder em voos panorâmicos no Rio de Janeiro e que tem rotas diversificadas para passeios de helicóptero. São diferentes rotas com diferentes preços. Cada rota segue um percurso específico, num tempo determinado e com valores diferenciados. Mas tenha certeza de que mesmo que você escolha a rota mais em conta, a experiência será única e incrível!

Deixe uma resposta

Festa de Réveillon RJ 2021

Festa de Réveillon no RJ 2021

Faltando apenas alguns dias para a virada, encontrar a opção ideal de festa de Réveillon não tem sido uma questão fácil nesse ano de pandemia. Confira algumas informações e dicas para a festa de fim de ano no RJ.

Leia mais »
Conheça 19 gírias e expressões populares dos cariocas

Conheça 19 gírias e expressões populares dos cariocas

A gíria é uma linguagem popular, difundida entre cada região com o intuito de substituir expressões formais ou tradicionais. No Brasil, as gírias fazem parte do dia-a-dia de muitos brasileiros, até mesmo em conversar profissionais ou mais sérias. Ao visitar o Rio de Janeiro, você vai escutar diversas gírias locais nas conversas com os cariocas. E de fato, algumas podem até te deixar confuso sobre o desfecho do diálogo. Por conta disso, vamos apresentar abaixo as 19 gírias e expressões populares mais usadas no Rio de Janeiro. Após a leitura, temos certeza que você vai se sentir mais enturmado ao conversar com um nativo pelas ruas da cidade maravilhosa.

Leia mais »
Jardim Botânico RJ - história, endereço e o funcionamento

Jardim Botânico RJ – história, endereço e o funcionamento

O bairro do Jardim Botânico é um dos mais bonitos e escolhido do Rio de Janeiro. Nele estão alguns dos pontos turísticos mais indicados para visitantes que desejam um passeio em família, que estão em casal ou simplesmente sozinhos.

Localizado ao pé do Cristo Redentor, o espaço reúne monumentos como o Museu do Meio Ambiente, o espaço Tom Jobim e, é claro, o Jardim Botânico do Rio, um dos mais importantes do mundo.

Leia mais »