Animais na praia RJ: confira as regras e informações

Posso levar animais na praia? O verão terá início no dia 21 de dezembro, e com ele vem o desejo iminente de colocar o bronzeado em dia. Para evitar qualquer sensação desagradável na hora de ir à praia, é preciso entender bem o que pode ou não ser feito na areia.

Animais na praia RJ

Animais na praia RJ: confira as regras e informações

O verão terá início no dia 21 de dezembro, e com ele vem o desejo iminente de colocar o bronzeado em dia. Para evitar qualquer sensação desagradável na hora de ir à praia, é preciso entender bem o que pode ou não ser feito na areia.

 

Posso ou não levar animais na praia do Rio de Janeiro?

O projeto de lei 980/2019 que libera cachorros nas praias do Rio de Janeiro foi aprovado na Câmara dos Vereadores no final do mês de agosto deste ano e seguiu para a sanção por Marcelo Crivella (PRB). Como o prefeito não aprovou nem vetou o projeto em tempo hábil, a lei entrou em vigor automaticamente em 25 de setembro também deste ano.

 

Lei que permite cães nas praias do Rio divide opiniões

A lei municipal que proíbe a circulação dos animais entre os banhistas é de 2005. O atual projeto que pede a liberação dos cães é de autoria do vereador Luiz Carlos Ramos Filho (PODE).

O vereador lembra que, atualmente, os cães já frequentam as praias e que o projeto vem apenas ordenar o que já é uma prática. Também diz que os cães fazem parte da família e que a legislação precisa estar adaptada a esta nova realidade.

A prefeitura afirmou que vai reunir órgãos para definir a melhor maneira de implementar a lei.

A determinação de que os animais estejam vacinados e vermifugados e que usem coleiras é uma das normas do projeto de lei.

Além disso, o tutor do animal deve recolher os dejetos deixados por seu pet. A fiscalização será feita pela Prefeitura.

O texto aprovado prevê que a prefeitura é quem vai criar faixas separadas para os animais nas praias.

No entanto, apesar das determinações expostas em lei, alguns banhistas já manifestaram ser contra a nova lei.

A principal preocupação das pessoas é em relação a educação dos donos dos animais que não pegam e não jogam no lixo o coco deixado na areia pelo seu pet de estimação.

Já na opinião de quem tem animal de estimação e gosta de passear com ele, o direito de levar seu pet para um passeio nas areias da praia depende da colaboração do tutor do animal. Seguir as normas de liberação é fundamental. Assim, o cãozinho poderá se divertir tanto quanto os banhistas e não precisará ficar preso em casa.

Na opinião de especialistas da área de saúde, o risco maior na areia das praias seriam as fezes desses animais que podem deixar coliformes sobre a areia, ou seja, grande carga de matéria orgânica e acabar transmitindo bactérias que causam gastroenterite.

Outra inquietação é em relação às crianças que brincam descalças na areia e podem ficar expostas a doenças.

Quem frequenta as praias da zona sul reclama também da falta de lixeiras para os frequentadores colocar os lixos produzidos por eles. Os pombos que se alimentam dos restos deixados pelos banhistas também fazem coco na areia aumentando o risco de contaminação.

A quem diga também que é contra a iniciativa aprovada pelos vereadores, pois vai contribuir para deixar a praia ainda mais suja e que já pisou em coco de cachorro.

 

 

Regras impostas pela lei

A lei liberará a circulação de cães em todas as praias do município. No entanto, o poder público estará autorizado a impor restrições, a delimitar faixas de areia, áreas específicas, onde os cachorros poderão circular, desde que obedeçam às regras estipuladas.

 

  • Os cães precisam estar vacinados e não podem ter nenhuma infecção ou doença contagiosa.

 

  • Quem for à praia com o animal deverá apresentar certificado, cópia em papel ou em arquivo digital, que comprove que o animalzinho foi vermifugado a cada semestre.

 

  • O uso da guia é obrigatório na areia e nas calçadas. Além do mais, o condutor deve se responsabilizar pelo recolhimento das fezes do seu animal. Os tutores que não respeitarem as regras podem ser multados.

 

  • Enquanto a lei não entra em vigor e as faixas não são criadas, levar animais de estimação para as praias do Rio é proibido por lei. Não há multa estipulada, mas a Guarda Municipal faz a fiscalização.

 

 

Cuidados durante a ida para praia com seu cão

Os cães adoram correr ao ar livre. No entanto, quando vão à praia, os cães correm inúmeros riscos. O excesso de calor, a desidratação, a ingestão de restos de peixe ou crustáceos são alguns desses riscos. Confira algumas dicas para evitar isso!

 

1. Passe protetor solar em seu cão

Assim como os humanos, os animais também precisam de atenção especial quanto a sua pele. Desta forma, passe protetor solar no seu amigo pet quando o levar à praia. Os raios do sol não perdoam ninguém!

 

2. Leve água e comida para seu pet

Seu amiguinho gastará toda a sua energia por estar em um ambiente diferente para ele. Mantenha sua vasilha de água cheia e leve petiscos para alimentá-lo durante o dia. Não dê a ele comida humana.

 

3. Observe a temperatura do chão

Devido ao calor e à exposição constante ao sol, tanto a areia quanto o asfalto podem queimar as sensíveis “almofadinhas” do seu animalzinho. Para evitar isso, você pode adquirir proteções para as patinhas deles em pet shops.

 

4. Recolha as sujeiras do seu pet

Lembre-se sempre de limpar as sujeiras do seu cachorrinho. Leve sacolas plásticas para recolher e jogue no lixo.

 

5. Cuide de seu cão no mar

Seu cachorro pode se banhar no mar, mas não deve matar a sede com a água salgada. Outro detalhe importante é cuidar para que ele não coma alimentos que estão na areia. Além de não sabermos sua procedência, a comida humana faz mal à saúde do animalzinho.

 

Vista panorâmica da cidade do Rio de Janeiro

É dezembro! Mês de tantas comemorações! Natal! Ano Novo! Férias! Verão!

A 4 Fly RJ oferece passeios turísticos de helicóptero para mostrar como a cidade do Rio de Janeiro está repleta de enfeites que embelezam as comemorações de fim de ano.

 

Será uma experiência e tanto! Um passeio abrangente com vistas deslumbrantes. Não esqueça sua máquina fotográfica! Registre sua emoção em tempo real em um voo de 30, 45 ou 60 minutos.

Utilizando seu cartão, o passeio terá um acréscimo de 15%, mas você poderá parcelar em até 6 vezes sem juros.

Deixe uma resposta